legislação 

início  

Posse Responsável

     O direito de possuir um animal de estimação acarreta obrigações ao seu dono. Esses deveres chamam-se POSSE RESPONSÁVEL:

    

     Vacine-o anualmente
     Esta providência protege seu animal de diversas doenças que podem levá-lo à morte.
    

     Castre seu animal (macho ou fêmea)
    
Em machos:
     1. Evita fugas.
     2. Evita o contrangimento de cães "agarrando" em pernas ou braços de visitas.
     3. Evita demarcação do território (xixi fora do lugar).
     4. Evita agressividade motivada por excitação sexual constante.
     5. Evita tumores testiculares.
     6. Controle populacional, evitando o aumento do número de animais de rua.
    7. Evita a perpetuação de doenças geneticamente transmissíveis como epilepsia, displasia coxo-femural, catarata juvenil, etc. (em animais que tiveram o diagnóstico dessas e outras doenças).
     Em fêmeas:
     1. Evita fugas.
     2. As fêmeas castradas antes de 1 ano de idade, têm chance bastante reduzida de desenvolver câncer de mama na fase adulta, se comparado às fêmeas não castradas. A possibilidade de câncer de mama é praticamente zero quando a castração ocorre antes do primeiro cio. A retirada do útero anula a chance de problemas uterinos bastante comuns em cadelas após os 6 anos de idade, cujo tratamento é cirúrgico, com a remoção do orgão.
     3. Evita piometra (grave infecção uterina) em fêmeas adultas
     4. Controle populacional, evitando o aumento do número de animais de rua. Mais saúde para seu cão.

     Identifique seu animal
     Esta simples providência pode ser a solução no caso de seu cão ou gato se perder. Coloque em sua coleira uma plaquinha metálica com seu nome e telefone. Certamente a pessoa que encontrar um animal assim identificado irá imediatamente entrar em contato com você.

     Tenha fotos de seu animal de estimação. Sempre que possível tire fotos atualizadas de seu animal. Na eventualidade de precisar imprimir folhetos ou cartazes será mais fácil para a pessoa que o encontrar identificar seu animal. Mantenha portões fechados e cercas bem cuidadas
     A grande maioria de casos de desaparecimento de animais domésticos são causados por simples distração de seu donos ou das pessoas da casa ao manter portas e portões abertos. Buracos em cercas também devem ser consertados. Leve seu cão ou gato na guia com identificação
     Ao sair para passear ou para levar seu pet ao veterinário, procure sempre levá-lo na coleira com guia. Cães e gatos, ao sair de seu ambiente, podem se sentir desorientados e assim escapar do controle de seu dono.

     Cuidados nas viagens: Atenção redobrada deve ser observada nas viagens com cães e gatos. Em viagens de férias, tenha certeza que seu pet terá um lugar adequado e seguro para ficar. Animais desaparecidos em viagens são mais comuns que se possa supor e sua recuperação é mais trabalhosa e difícil.

    

     Algumas Dicas Importantes
     - Considere a possibilidade de adestrar seu cão. Cães adestrados dificilmente se perdem.

     - Na ocasião certa, procure um veterinário para se aconselhar a respeito da castração de seu animal.

     - Cães, e especialmente os gatos, tornam-se mais "caseiros" ao serem castrados.

     - Guarde bem seu pet nas ocasiões comemorativas, como São João e festas de fim de ano, quando o barulho de fogos desorientam os animais, que podem correr sem destino.

 

CASTRAR UM ANIMAL É UM ATO DE AMOR, EVITA PRINCIPALMENTE O ABANDONO, INCLUSIVE DA MÃE E FILHOTES. Pense Nisso!!!

NÃO ABANDONE SEU ANIMAL, ELE JAMAIS FARIA ISSO COM VOCÊ!

 

voltar