curiosidades 

 
início records

     Aqui você encontra alguns records curiosos, pode ser que seu "amigdepatas" ganha de algum deles, dê uma olhada.

Cachorro mais caro da história

     Esta gracinha de cachorro se chama Lancelot e é o cachorro que custou mais caro em toda a história. Seus donos pagaram 155.000 dólares, mais ou menos uns 390 mil reais por ele.
     Claro que vocês devem estar se perguntando porque tanto dinheiro por um cachorro. A resposta é simples, este cachorro é um clone! Pois é, isto mesmo, um clone de um cachorro anterior. Lancelot Encore é a réplica exata de Sir Lancelot, um cachorro que vivia com um casal em Boca Ratón na Florida e que morreu de câncer há um ano atrás.
     Edgar e Nina Otto, seus donos, estavam tão tristes com a perda que decidiram participar em um leilão junto com outras cinco famílias, organizado por uma empresa que se dedica a clonagem na Califórnia, para conseguir um animal igual ao anterior. E conseguiram!
     Para clonar o animal, foram utilizadas amostras de DNA do cachorro anterior e colocadas na cadelinha que seria a mãe do novo cachorro. Passado o tempo da gestação, nasceu este cachorro exatamente igual ao seu irmão anterior.
 

 
Voltar  
   

George, o gigante, o cachorro mais alto do mundo

 

     Notícia publicada em 22/02/2010 pelo portal G1.COM

     O título de cachorro mais alto do mundo mudou de mãos, ou melhor, de patas. George, o Gigante, foi reconhecido recentemente pelos organizadores do Guinness Book como o maior cão do mundo.

     O animal da raça Dogue Alemão mede 2,2 metros em pé e "roubou" o título de Titan, um cachorro da mesma raça, dois centímetros menor. George mora com um casal de americanos na cidade de Tucson, no estado do Arizona (EUA).

     A  comissão  do   Guinness   Book  visitou a

 
   
   

família de George para confirmar suas medidas. Além da estatura monumental para um cachorro ele pesa 111 quilos e consome 50 quilos de ração ao mês. Craig Glenday, editor-chefe do Guinness World Records, comentou ao jornal inglês "Metro" que o reconhecimento de George deve despertar outras pessoas a exibirem seus animais de porte extraordinário.

 

 

Cadela de 21 anos busca recorde como o cão mais velho do mundo

 

 

     O cão chamado 'Otto' detinha o recorde e morreu em janeiro de 2010. Britânico diz que deu a cadela ainda filhote para sua filha em 1989. Após a morte de "Otto", que tinha 20 anos e 11 meses, em janeiro deste ano, a cadela "Lulu", de 21 anos, pode entrar para o Guinness, livro dos recordes, como o cachorro mais velho do mundo, segundo reportagem do jornal inglês "Daily Telegraph". 
     "Lulu" mora com o casal britânico Travis Buckly, de 60 anos, e Susan Parybus, de 54, em Coventry (Reino Unido). Ele contou para o periódico que deu a cadela ainda filhote para sua filha, Emma, em 1989.
     Buckly credita a longevidade de "Lulu" - a idade equivale a 147 anos humanos - à dieta baseada em filé mignon, vitela e salsichas. De acordo com ele, a cadela termina suas refeições com   queijo,   biscoitos  e   chocolate.   Ela  não

 

enxerga direito, mas, segundo seu dono, anda normalmente.

     Segundo o porta-voz do Guinness, a categoria para o cão mais velho do mundo está vaga desde a morte de "Otto". Ele destacou que leva cerca de seis semanas para verificar as informações e confirmar o possível recorde de "Lulu".

Cão mais orelhudo do mundo

 

     O cão é da raça Bloodhound. Os americanos Zack e Heather Helmer são os donos de Harvey que concorre a uma vaga no Guinness Book como o mais orelhudo de todos os tempos. O bicho tem orelhas de 35,5 cm cada.

     Harvey foi apresentado em um evento de bichos de estimação em Nova York. Para espanto dos visitantes, o animal parece ter asas na cabeça. E, aos três anos, o cão com a orelha mais eloquente do mundo pode ficar ainda mais estranho, pois elas ainda podem crescer mais ainda.

 
   

 

Dancer, chihuahua pode ser a menor cachorro do mundo

 

 

     Um chihuahua que vive na cidade de Leesburg, na Flórida, Estados Unidos, pode ser o menor cachorro do mundo. Dancer, que completa 1 ano em junho, pesa pouco mais de 500 g e mede cerca de 10 cm de altura.

     A dona do cãozinho, Jenny Gomes, está tentando fazer com que o animal seja incluído no Guinness Book, o livro dos recordes, como o menor cachorro do mundo.

     Segundo a dona, quando Dancer nasceu, ele tinha o tamanho de um polegar. Veterinários sugeriram uma eutanásia no animal porque acreditavam que ele teria sérios problemas de saúde à medida que crescesse. Gomes também não creditou que o cachorrinho iria sobreviver, mas decidiu lhe dar uma chance mesmo assim. E deu certo.