vacinas 

 
início vacina polivalente canina

     A vacina polivalente canina encontra-se em 3 apresentações, V10, V8 e V6. A seguir explicaremos a diferença entre elas.

     A primovacinação (as primeiras vacinas do animalzinho) deve ser feita em 3 doses (1 aplicação e 2 reforços) com intervalo de 21 a 30 dias.

     A vacinação inicia a partir dos 45 dias de vida, devido ao fato de ocorrer a queda dos níveis de anticorpos maternos próximo aos 2 meses. A mãe nas primeiras 24h, passa anticorpos que ela possui para o filhote, através do leite (colostro), e estes permanecem no organismo do filhote protegendo-o por aproximadamente 2 meses. O organismo do animalzinho necessita de aproximadamente 15 dias para promover a proteção referente a vacinação, devido a isto, é de extrema importância que o filhote seja vacinado aos 45 dias, permanecendo protegido pelos anticorpos ainda presentes da mãe durante este período.

     A primeira dose aos 45 dias é crítica, devido ao fato citado anteriormente da queda de anticorpos maternos. Acontece que não se sabe ao certo quando acontece a queda, é aproximadamente aos 2 meses. Pode acontecer de os próprios anticorpos maternos inativarem a primeira dose da vacina, por este motivo é necessária as 3 doses. Se o animal já ultrapassou os 4 meses ou pretende iniciar o esquema de vacinação quando adulto, podemos fazer apenas 2 doses.

     Outro ponto importante é a desvermifugação. O animalzinho para ser vacinado necessita estar bem de saúde, não apresentando nenhum sinal de doenças, entre eles: diarréia, vômito, febre, falta de apetite, apatia, entre outros. Se o filhote apresentar verminose, este pode estar debilitado devido aos vermes presentes no seu organismo, não respondendo adequadamente a vacinação.  

     O "amigdepatas" deve permanece em "quarentena" até 15 dias após a terceira dose da vacina. É importante ressaltar a quarentena, pois o filhote somente estará protegido dos agentes externos neste período. Na quarentena inclui banho em Pet Shops, passeios em praças e na rua; não deve ter contato com animais doentes e/ou sem vacinas.

     A revacinação é anualmente.

      A diferença entre as polivalentes V10, V8 e V6 é a Leptospirose, como veremos abaixo.

 V10

     A vacina polivalente V10 é chamada assim, devido ao número de doenças a qual ela previne, sendo-as: Parvovirose, Coronavirose, Cinomose, Hepatite Infecciosa, Laringotraqueíte, Parainfluenza e Leptospirose (sorovares canicola, icterohaemorrhagiae, pomona e grippotyphosa). É a mais completa do mercado.

V8

     A vacina polivalente V8 previne a: Parvovirose, Coronavirose, Cinomose, Hepatite Infecciosa, Laringotraqueíte, Parainfluenza e Leptospirose.

     Por não apresentar todos os sorovares contra a leptospirose aconselha-se a vacinação com a vacina contra leptospirose semestralmente.  

V6

     A vacina polivalente V6 previne a: Parvovirose, Cinomose, Hepatite Infecciosa, LaringotraqueíteLeptospirose.

     Por não apresentar todos os sorovares contra a leptospirose aconselha-se a vacinação com a vacina contra leptospirose e o reforço em 21~30 dias.  

    

 
Voltar